exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Internet

Facebook removeu 11,6 milhões de posts pedófilos em três meses

Chesnot - Getty Images

A rede de Mark Zuckerberg revelou números de conteúdos e contas removidos por violarem os seus termos e condições. Os números continuam a crescer, face aos períodos homólogos.

  • 333

Exame Informática

O Facebook anunciou que removeu mais de 11,6 milhões de publicações com nudez infantil ou relacionados com a exploração sexual de menores entre julho e setembro deste ano. Pela primeira vez, a empresa revela também dados do Instagram e, neste capítulo, foram removidas mais de 754 mil publicações. O grupo congratula-se por mais de 99% destes conteúdos terem sido detetados provativamente e continua a detalhar: mais de 2,5 milhões de peças sobre suicídio e danos auto-flagelados, mais de 4,4 milhões de conteúdos sobre vendas de drogas e 2,3 milhões de publicações sobre vendas de armas de fogo foram eliminadas do Facebook.

Entre janeiro e março, a empresa tinha removido 5,8 milhões de publicações pedófilas, o que sugere que a tendência está a ser para se apagarem cada vez maiores volumes de posts, indica a BBC.

No que a contas falsas diz respeito, a empresa removeu mais de 3,2 mil milhões de perfis, entre abril e setembro deste ano (mais do que os 1,55 mil milhões apagados em período homólogo).

As autoridades mostraram receio de que o plano de maior privacidade do Facebook, que envolve encriptar os serviços de mensagens, possa contribuir de alguma forma para que este tipo de conteúdos possa continuar a ser partilhado e não seja detetado.

  • 333