Breivik treinou no COD: Modern Warfare 2

20/04/2012 10:21

O alegado assassino de 77 pessoas na Noruega afirmou em tribunal que tirou um ano de licença sabática e esteve a treinar no Call of Duty: Modern Warfare 2 antes do massacre.

Muitas horas a jogar Call Of Duty para treinar para o massacre

Anders Breivik explicou que faria tudo de novo, que treinou durante um ano a jogar COD e que passou 16 horas diárias em World of Warcraft. A CNN noticia ainda que estas alegações levantaram novamente a questão da violência dos videojogos e como esta pode influenciar o comportamento humano.

Apesar de tudo, a comunidade de gamers e cronistas deste segmento voltaram a afirmar que não se pode dizer que há uma ligação entre jogos violentos e a violência real. A questão tornou-se popular com o massacre de Columbine, nos EUA. Na altura, explicou-se que os autores do massacre tinham passado horas a jogar Doom.

Os argumentos de quem diz que não há ligações podem ser divididos em grupos: há milhões de jogadores em todo o Mundo e que não matam pessoas; Breivik estava influenciado não pelos videojogos, mas por ideologias como o racismo ou ideais de extrema-direita; o COD não é realista o suficiente para se treinar massacres e por fim não há estudos conclusivos que provem a ligação entre jogos e realidade.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Exame Informática TV n.º 442

Em destaque neste programa: revelamos um pequeno computador com projetor incluído e temos uma estação meteorológica que pode usar em casa.

VW E-Golf em análise

Já conduzimos carro elétrico da Volkswagen, o mais silencioso que já testámos. O modo de regeneração permite aumentar a autonomia de forma significativa e apresentar consumos extremamente competitivos.

Câmara Sony DSC-QX30 em análise

Esta câmara fotográfica que pode ser usada de forma independente ou acoplada ao telemóvel.

Repórter EI: Fábrica Zeiss na Alemanha

Visitámos uma fábrica da Zeiss na Alemanha, uma das empresas que mais se destaca em tecnologia ótica.

Acer Aspire Switch 10 em análise

Já testamos o Aspire Switch 10 da Acer. Este convertível funciona como portátil ou tablet e destaca-se pelo chassis em alumínio e pelas cores vivas que se podem ver no ecrã.

Exame Informática 239, maio

Quem nunca teve problemas com a rede de Internet em casa? Quem nunca teve problemas quando liga o computador? Quem nunca ficou com o computador infetado de vírus? E quem é que ainda não comprou a Exame Informática 239?

EI Tv

Exame Informática TV n.º 442

Em destaque neste programa: revelamos um pequeno computador com projetor incluído e temos uma estação meteorológica que pode usar em casa.

Exame Informática TV n.º 441

Em destaque neste programa: colocamos à prova as curvas do LG G Flex 2 e mostramos uma app que ajuda os idosos a encontrar o caminho de volta a casa. 

Exame Informática n.º 440

Em destaque neste programa: a entrega dos prémios Exame Informática e visitamos uma fábrica da Zeiss na Alemanha.