exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Jogos

O que vem aí no Pokémon Go?

O CEO da Niantic Labs levantou a ponta do véu e confirma alguns dos próximos passos para manter a chama do interesse acesa.

  • 333

O jogo chegou de pantufas, mas rapidamente se tornou um fenómeno viral em todo o mundo. Depois da estreia das localizações patrocinadas no Japão, John Hanke, fundador e CEO da Niantic Labs discutiu na Comic-Con alguns dos próximos passos. «Além da primeira geração [os 150 originais], há mais alguns que podem chegar ao nosso universo», diz Hanke, referindo-se à possibilidade de haver mais do que os primeiros 150 Pokémons disponíveis no jogo mobile.

Sabe-se ainda que os responsáveis do jogo estão a trabalhar nas funcionalidades de treino e troca de Pokémons, respeitando o conceito original de Pokémon, noticia o Engadget. Por outro lado, Hanke falou da possibilidade de haver itens in-game que permitam personalizar as Pokéstops. Assim, será possível adicionar estes itens às paragens e convertê-las, por exemplo, em centros de tratamento de Pokémons ou atribuir-lhes outras funções. A Nurse Joy é uma figura também icónica deste universo e que, para já, não aparece nesta versão do jogo. Com estes itens, pode passar a ser possível criar clínicas ou outras instalações a partir das Pokéstops.

Ainda não há qualquer previsão de quando é que estas novidades possam estar disponíveis no jogo.

  • 333