exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Jogos

Sony apresentou PlayStation 4 Pro

A Sony anunciou uma consola com o dobro da performance gráfica da PS4 e suporte a HDR e vídeo 4K. A chegada aos mercados está prevista para 10 de novembro.

  • 333

A nova consola é uma atualização da atual PS4 e conta com um processador mais rápido, mais capacidades gráficas e compatibilidade com vídeos 4K. Nesta fase, vários jogos não irão correr nativamente em 4K, mas os programadores vão ter a possibilidade de aceder a outras opções de renderização, para oferecer resoluções superiores aos 1080p. Os títulos que acompanham a evolução da consola da Sony incluem Call of Duty: Infinite Warfare, FIFA 17 e Horizon: Zero Dawn, enquanto Uncharted 4 e Middle Earth: Shadow of Mordor recebem atualizações para melhorar a experiência na PS4 Pro.

A nova consola traz também uma melhor visualização dos jogos com o headset PlayStation VR, previsto para 13 de outubro. Os responsáveis da Sony explicam que mesmo que o jogador não tenha uma televisão que suporte mais do que o HDTV, a PlayStation 4 Pro vai oferecer outras vantagens, como a capacidade de jogar a um framerate superior ou mais estável, noticia o The Guardian.

Em termos de especificações, a nova consola tem um processador x86-64 AMD Jaguar, CPU de oito núcleos e um motor gráfico baseado em AMD Radeon, que promete um desempenho de 4,20 teraflops.

A Sony pode estar a ganhar este capítulo da guerra das consolas, com mais vendas de PS4 do que a Microsoft com a Xbox One e a conseguir lançar um novo aparelho um ano antes da rival de Redmond. A PS4 Pro deve chegar ao mercado em novembro, com um preço recomendado de 399 euros.

Mais barata vai ser a PlayStation 4 Slim, uma versão mais compacta da atual PS4. Com um preço de venda de 299 euros, a redução do tamanho deveu-se, sobretudo, à otimização dos componentes. Por exemplo, o processo de fabrico do processador da AMD foi atualizado para 16 nanómetros, tornando-se mais compacto e menos consumidor de energia. Uma das consequências desta evolução é o dissipador de calor mais reduzido.

  • 333