exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Jogos

Fortnite chega diretamente ao Android, sem passar pela Play Store

A Epic Games vai tirar partido da natureza tendencialmente aberta do Android para disponibilizar o jogo Fortnite diretamente no seu site, sem ter de passar pela loja de apps da Google. Ainda não se conhecem as datas de lançamento.

  • 333

Exame Informática

A Epic Games confirmou oficialmente os rumores: o jogo Fortnite para Android vai estar disponível diretamente no site do jogo e não é necessário passar pela loja Play da Google. A estratégia é diferente da que foi usada para o lançamento da versão iOS, onde o título teve de ser descarregado através da App Store, uma vez que a Apple não permite apps que não tenham sido alvo de revisão interna ou que não passem pela loja oficial.

Tim Sweeney, o CEO da Epic, explica que a empresa pretende, com esta abordagem, manter a relação direta com os clientes em todas as plataformas onde tal seja possível. O executivo não esconde também que esta aproximação direta permite à empresa evitar pagar os 30% de comissões à Google. «Os 30% de imposto da loja são um custo elevado num mundo onde os 70% dos developers têm de ser suficientes para cobrir custos de desenvolvimento, de operação e de suporte aos jogos», cita o The Verge. «Os 30% são despropocionais para o custo de serviços que estas lojas oferecem, como processamento de pagamentos, largura de banda e apoio ao cliente», justifica o CEO.

A Google ainda não reagiu oficialmente a este anúncio e há algumas dúvidas sobre quão segura é esta a opção, nomeadamente porque, para abrir a possibilidade de se correr software de terceiros sem ser pela Play Store, é necessário remover algumas proteções nos dispositivos Android. Sweeney considera que os jogadores serão capazes de adotar as melhores práticas de segurança e dá como exemplo os jogos que correm em mercados como o Steam, Battle.net ou a plataforma League of Legends da Riot Games. «O mais importante é que os sistemas operativos móveis permitem segurança robusta, baseada em permissões, deixando o utilizador escolher o que cada app pode fazer: guardar ficheiros, aceder ao microfone, aceder aos contactos. Na nossa perspetiva, esta é a forma como todos os computadores e plataformas de smartphones deviam fornecer segurança».

A verdade é que o resultado desta abordagem pode marcar uma viragem na forma como os developers disponibilizam as suas apps, embora deva tomado em consideração que a Epic está numa posição privilegiada, já com 125 milhões de jogadores registados.