exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Jogos

Project Atlas: como o futuro do gaming passa pela nuvem

A Electronic Arts está a trabalhar numa plataforma cloud única que concilie o motor de jogo com os serviços. O objetivo é proporcionar experiências de gaming mais imersivas

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

A Electronic Arts (EA) anunciou oficialmente o Project Atlas, uma espécie de plataforma de desenvolvimento de jogos que une motor e serviços. É encarado como o futuro do gaming e está alojado na nuvem (cloud).

O objetivo é proporcionar experiências de jogo mais imersivas, explica o VentureBeat. Um exemplo: os ambientes terão a capacidade de evoluir de um dia para o outro, com as alterações a serem feitas tendo por base o feedback de outros jogadores ou de elementos de Inteligência Artificial.

A visão da EA é juntar numa única plataforma cloud o motor de jogo Frostbite com serviços (como, por exemplo, todas as experiências sociais do gaming). O jogo irá correr num servidor da EA e os utilizadores poderão jogar em qualquer dispositivo e em qualquer local.

Os responsáveis da EA revelam que têm vindo a desenvolver software que permita jogar títulos em HD para multijogadores com a menor latência, o que abre novas possibilidades a nível de dinâmica social e de jogos multiplataforma.

  • 333