exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Jogos

Zero Latency estreia novo jogo de zombies e modo “player versus player” está para breve

Outbreak Origins é um “shooter” de Realidade Virtual que também desafia os jogadores a explorarem os 225 metros quadrados das instalações presentes no Dolce Vita Tejo

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

A Zero Latency, espaço dedicado a experiências de Realidade Virtual (RV) situado no Centro Comercial Dolce Vita Tejo, estreou um novo jogo: Outbreak Origins, que coloca os jogadores – podem jogar um máximo de oito pessoas em simultâneo – num mundo dominado por zombies. O “personal shooter” desafia os jogadores a atravessarem zonas repletas de mortos-vivos e a sobreviverem até chegarem à zona onde serão salvos por uma equipa de resgate.

Para quem já jogou no Zero Latency, podemos dizer que Outbreak Origins é uma espécie de mistura de Survival com Singularity, ou seja, é um jogo de tiros que obriga as pessoas a explorarem o espaço e a deslocarem-se pelos 225 metros quadrados das instalações da Zero Latency. A Exame Informática teve oportunidade de experimentar o novo título e destaca a duração de 30 minutos do jogo (o tempo total da experiência chegará aos 50 minutos com o briefing inicial, colocação dos equipamentos e remoção no final) e as ligeiras melhorias gráficas.

A experiência tem um custo de €29,95 por pessoa e a idade mínima para participar é de 13 anos. Além da bilheteira disponível no Dolce Vita, também é possível comprar bilhetes online. Segundo dados da Zero Latency, desde que abriu em dezembro de 2017 em Portugal, já passaram pelo espaço 30 mil jogadores.

Se Outbreak Origins é o presente, o futuro do Zero Latency – empresa com sede na Austrália e com espaços de jogos em quatro continentes – passará por títulos multijogador, jogador versus jogador e Arena VR Gaming. É que a empresa está a colaborar com a Intel, Microsoft e HP no desenvolvimento da segunda geração da plataforma de Realidade Virtual free roam.

De acordo com comunicado de imprensa, estes parceiros tecnológicos vão contribuir não só com software e hardware como também com apoio de marketing para alargar o alcance da Zero Latency.

  • 333