Dell: Parceria com a Baidu para desenvolver tablets e smartphones

Celso Miranda
06/09/2011 11:53

A Dell vai unir-se à Baidu - a empresa que tem o motor de busca mais utilizado na china - para criar tablets e smartphones para o mercado chinês. 

users_801_80177_dell-streak-5-180d.jpg

A China é um dos mercados com maior expansão no segmento dos tablets e smartphones. Um mercado com mais de 900 milhões de pessoas que é atualmente dominado pela Apple e pela Lenovo.

Segundo alguns analistas, esta parceria entre a Dell e a Baidu pode animar as vendas de tablets da Dell, emprestando um novo folego a esta divisão da empresa.

O novo parceiro da Dell - a Baidu - é o motor de busca mais utilizado na China e uma das marcas mais conhecidas. Segundo a Reuters, alguns analistas afirmam que um dispositivo com a marca Baidu vai conseguir aproveitar essa marca para se destacar no mercado chinês.

Entretanto, a Dell não revelou ainda uma data de lançamento para os novos produtos mas um porta-voz da empresa afirmou, quando inquirido pela Reuters, que "temos uma parceria com a Baidu e temos o Dell Streak 5, portanto, qualquer parceria vai ocupar esse espaço (que pertencia ao Dell Streak 5)."

Este modelo, o Streak 5, é um tablet Android de 5 polegadas que foi descontinuado e retirado do mercado norte-americano.

Na semana passada, a Baidu lançou uma nova plataforma de aplicações móveis e permitiu que os jornalistas vislumbrassem uma parte do futuro sistema operativo móvel da empresa. O gigante das pesquisas chinês espera ver aumentar significativamente o número de utilizadores que acedem à internet através de smartphones e tablets.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Exame Informática 243, setembro

É possível dominar o Facebook? Sim, é! Aprenda a controlar na totalidade esta Rede e fique, até, a saber como a pode usar para ganhar dinheiro. Testamos o novo Galaxy S6 Edge+, dizemos-lhe o que muda no hardware com a chegada do Windows 10 e testamos a mais recente geração de processadores da Intel. Mas isto é só o início: há muito mais nesta edição a não perder!

EI Tv