Cópia privada: proposto teto máximo de 6% do preço dos equipamentos eletrónicos

13/02/2012 16:53

A bancada parlamentar do PS reviu as alterações ao projeto de lei da cópia privada e propôs a introdução de um teto máximo à aplicação de taxas.

A Assembleia da República está a debater o projeto de lei da cópia privada

DR

A Assembleia da República está a debater o projeto de lei da cópia privada

Terminadas as audições naComissão Parlamentar da Educação, Ciência e Cultura, eis que a bancadaparlamentar do PS acaba de propor alterações ao projeto de lei 118/XII queprevê a aplicação de taxas aos equipamentos eletrónicos, para efeitos decompensação dos autores pelas cópias privadas de livros, música ou software.

As alterações propostas preveem a aplicação de uma taxa que não deverá superar 6%do preço dos equipamentos eletrónicos antes do IVA. Segundo a Lusa, asalterações propostas pela deputada e ex-ministra da cultura Gabriela Canavilhaspreveem isentar de qualquer taxa os cartões de memória usados pelas máquinasfotográficas.

Caso as alterações agora apresentadas sejam aprovadas naAssembleia da República, o Governo passará a atualizar todos os anos, ou a cada parde anos, as taxas a aplicar a cada equipamento eletrónico.

Gabriela Canavilhasestima que as taxas possam valer entre cinco e seis milhões de euros anuaispara autores, produtores e intérpretes de obras que são copiadas para usoprivado dos consumidores. Os montantes referentes às taxas de compensação são distribuídos pelaAssociação para a Gestão da Cópia Privada (AGECOP) pelos vários intervenientes naindústria.

Atualmente, as taxas decompensação da cópia privada são aplicadas a alguns discos e leitores de CD. Em2011, a AGECOP recolheu e distribuiu cerca de 1,8 milhões de euros.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Exame Informática 243, setembro

É possível dominar o Facebook? Sim, é! Aprenda a controlar na totalidade esta Rede e fique, até, a saber como a pode usar para ganhar dinheiro. Testamos o novo Galaxy S6 Edge+, dizemos-lhe o que muda no hardware com a chegada do Windows 10 e testamos a mais recente geração de processadores da Intel. Mas isto é só o início: há muito mais nesta edição a não perder!

EI Tv