Departamento de justiça dos EUA move processo contra a Apple

11/04/2012 16:06

As autoridades norte-americanas iniciaram um processo contra a Apple e algumas editoras acusando-as de concertação de preços nos e-books.

iPad-2.jpg

De acordo com a Bloomberg, o departamento de justiça dos Estados Unidos acusou a Apple, a Hachettte SA, a HarperCollins, a Penguin e a Simon & Schuster de concertação de preços nos livros eletrónicos.

Em causa está o modelo de negócio já conhecido da App Store da Apple, onde os produtores dos conteúdos estabelecem diretamente os preços, ficando a Apple com 30% do valor de venda. Este modelo choca com o modelo mais tradicional, onde são os vendedores, como a Amazon, que estabelecem os preços finais depois de comprarem os livros às editoras.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Exame Informática, 252, junho

Em Portugal há sistemas de abastecimento de água e de gás que têm graves falhas de segurança. Até centrais elétricas podem cair nas mãos dos hackers. Investigámos e contamos tudo. Como sempre, testámos muitos dispositivos e falámos com o português que participou em 10 missões espaciais. Mas há muito mais para conhecer nesta edição.

EI Tv