AMD apresenta perdas de 590 milhões de dólares

Dilpesh Laxmidas
20/04/2012 10:17

A AMD revelou os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2012. Neste período, a empresa perdeu 590 milhões de dólares, o equivalente a 80 cêntimos de dólar por cada ação.

As receitas da divisão gráfica da AMD mantêm-se estáveis quando comparadas com o trimestre anterior, mas com uma quebra de 7% face ao ano passado, noticia o Wall Street Journal.

Se considerado apenas o primeiro trimestre, a receita apresentada foi de 1,59 mil milhões de dólares. No primeiro trimestre de 2011, a AMD tinha apresentado um lucro líquido de 510 milhões de dólares. Este ano, em igual período, registou um prejuízo líquido de 590 milhões de dólares, ou 80 cêntimos de dólar por ação. No entanto, o lucro ajustado foi de 12 cêntimos de dólar por ação.

Em bolsa, a empresa viu a sua cotação subir 1,63% após a divulgação destes dados.

Palavras-chave

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Testamos um phablet da BQ com ecrã de seis polegadas com elevada resolução e que exige quase sempre a utilização de ambas as mãos.

Uma startup num minuto. A OceanScan zarpou dos laboratórios da Universidade do Porto para criar a única marca de submarinos robotizados portuguesa. No final do ano deverá faturar o primeiro milhão.

A Nvidia lança um tablet Android com ecrã de oito polegadas otimizado para jogos. Há um modo de consola para ligar o tablet à TV e um comando para jogar melhor. 

Já testamos o Sony Xperia Z3, um smartphone topo de gama com os lados arredondados e bastante resistente. 

Uma startup num minuto. Um papel e os sistema de pagamentos do Multibanco – é tudo o que a Last2Ticket precisa para criar um bilhete de concerto ou um voucher de hotel.

A Não perder

 Não é preciso gastar 500 euros para ter um bom smartphone! É o que provamos nesta edição, onde analisamos e comparamos 27 smartphones dos 60 aos 250 euros

EI Tv

Em destaque neste programa: frente a frente, os phablets mais desejados do momento.

Em destaque neste programa: fomos ver as casas que se movem e montamos uma impressora 3D a partir do zero.

Em destaque neste programa: testamos o Nvidia Shield e a pulseira inteligente Huawei Talkband B1.

 

 Não é preciso gastar 500 euros para ter um bom smartphone! É o que provamos nesta edição, onde analisamos e comparamos 27 smartphones dos 60 aos 250 euros

X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .