Aluna pode ser expulsa de escola do Texas por recusar chip de localização

23/11/2012 18:52

Andrea Hernandez recusou-se a usar um chip de rádio que permitia localizá-la quando se encontrava no recinto escolar. Agora, cabe à justiça do Texas decidir ou não se é legal expulsá-la da escola secundária John Jay.

rfidpic.png

No início doano letivo de 2012, a direção da escola secundária John Jay tornou obrigatórioo uso dos chips de RFID que localizam os estudantes devido às restriçõesorçamentais impostas pelo agrupamento escolar do San Antonio's NorthsideIndependent School District (NISD). Com o uso desta tecnologia, os responsáveispelo agrupamento escolar do sul dos EUA pretendia criar um mecanismo que permite confirmar onúmero de alunos que assistem às aulas e atribuir verbas proporcionais aototal de presenças.

Dois meses depois da implementação desta medida, AndreaHernandez passou a figurar nos títulos de jornais por recusar o uso dos chipsde rádio que a localizam a toda a hora. Ao contrário do que seria de esperar,não foi a defesa da privacidade o motivo invocado para a recusa. Em entrevistaà InfoWars, os pais de Andrea Hernandez explicam que rejeitaram o uso dos localizadorespor RFID, por serem a «a marca da Besta» - uma expressão que remonta aos textosbíblicos e que é usada para designar as forças demoníacas.

Face à recusa dafamília Hernandez, a direção da escola John Jay decidiu suspender Andrea eavançar para um processo de expulsão da escola secundária John Jay.

O caso foi parar aos tribunais do Texas, que agora vãodeterminar se é legal ou não o pedido de expulsão. O San Antonio's NorthsideIndependent School District (NISD) ainda não se pronunciou sobre o assunto –apesar de ter em curso um plano de instalação de um sistema de localização porRFID para 110 escolas da região.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Exame Informática, 251, Maio

Nesta edição pusemos à prova quatro telemóveis diferenciadores e damos a conhecer as mentes brilhantes que ajudaram a mudar o panorama das tecnologias em Portugal e no mundo. Como habitual, há ainda muitos testes, entrevistas e reportagens para ler!

EI Tv