Aluna pode ser expulsa de escola do Texas por recusar chip de localização

23/11/2012 18:52

Andrea Hernandez recusou-se a usar um chip de rádio que permitia localizá-la quando se encontrava no recinto escolar. Agora, cabe à justiça do Texas decidir ou não se é legal expulsá-la da escola secundária John Jay.

No início do ano letivo de 2012, a direção da escola secundária John Jay tornou obrigatório o uso dos chips de RFID que localizam os estudantes devido às restrições orçamentais impostas pelo agrupamento escolar do San Antonio's Northside Independent School District (NISD). Com o uso desta tecnologia, os responsáveis pelo agrupamento escolar do sul dos EUA pretendia criar um mecanismo que permite confirmar o número de alunos que assistem às aulas e atribuir verbas proporcionais ao total de presenças.

Dois meses depois da implementação desta medida, Andrea Hernandez passou a figurar nos títulos de jornais por recusar o uso dos chips de rádio que a localizam a toda a hora. Ao contrário do que seria de esperar, não foi a defesa da privacidade o motivo invocado para a recusa. Em entrevista à InfoWars, os pais de Andrea Hernandez explicam que rejeitaram o uso dos localizadores por RFID, por serem a «a marca da Besta» - uma expressão que remonta aos textos bíblicos e que é usada para designar as forças demoníacas.

Face à recusa da família Hernandez, a direção da escola John Jay decidiu suspender Andrea e avançar para um processo de expulsão da escola secundária John Jay.

O caso foi parar aos tribunais do Texas, que agora vão determinar se é legal ou não o pedido de expulsão. O San Antonio's Northside Independent School District (NISD) ainda não se pronunciou sobre o assunto – apesar de ter em curso um plano de instalação de um sistema de localização por RFID para 110 escolas da região.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Vídeos

Repórter EI: CarCoDe

Mostramos um sistema de telemetria desenvolvido em Castelo Branco e que mostra ao pormenor como estão todos os componentes de um carro.

Dicas EI: Bluetooth

Saiba o que é e como tirar o melhor partido deste padrão de comunicação entre dispositvos.

I-GotU Pod 30 em análise

Experimentamos um pequeno dispositivo que inclui vários sensores ideias para desportistas e que permitem, por exemplo, controlar o ritmo das corridas.

Exame Informática TV n.º 451

Em destaque neste programa: mostramos como a tecnologia ajuda a Easyjet a ser mais eficiente e conhecemos o CarCode, um sistema que diz tudo sobre os componentes de um automóvel. 

Repórter EI: JP IT Partners Challenge

Estivemos presentes numa iniciativa da JP, a empresa tecnológica que mais exporta e que está presente em vários países.

Exame Informática 241, Julho

Desvendamos os segredos do Windows 10, apesar de não podermos desvendar os segredos do Universo, nem mesmo com uma entrevista ao líder do CERN. O drone  Parrot Bebop, o novo Macbook, ou as dicas para escolher  um PC de jogos estão entre os atrativos desta edição.

EI Tv

Exame Informática TV n.º 451

Em destaque neste programa: mostramos como a tecnologia ajuda a Easyjet a ser mais eficiente e conhecemos o CarCode, um sistema que diz tudo sobre os componentes de um automóvel. 

Exame Informática TV n.º 450

Em destaque neste programa: voamos o Parrot Bebop e mostramos um sensor ideal para desportistas.

Exame Informática TV n.º 449

Em destaque neste programa: conhecemos um robô que ajuda os mais velhos a manterem-se em forma e mostramos dois relógios inteligentes da Growing.