exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Citius: há 50 mil penhoras que vão ter ser reavaliadas

Entre setembro e janeiro, as conexões entre agentes de execução e o Citius esteve inoperacional. Nas últimas duas semanas, os juízes portugueses receberam uma torrente de processos que andavam perdidos no sistema.

  • 333

Em setembro, com o bloqueio da plataforma que suporta os processos judiciais,  as ligações entre o Citius e os agentes de execução que são responsáveis pela cobrança de dívidas deixaram de operar. Essas mesmas ligações foram restabelecidas recentemente, revelando um cenário menos animador: mais de 50 mil processos de execução de penhoras que haviam estado perdidos no sistema terão de ser reavaliados pelos juízes portugueses.

De acordo com o Diário de Notícias, os 50 mil processos dizem respeito a processos de penhora desencadeados entre setembro e janeiro e cujos “paradeiros” se mantiveram desconhecidos, devido ao facto de as conexões entre o Citius terem permanecido inoperacionais desde o bloqueio da plataforma que gere o fluxo de processos da Justiça, que teve lugar em setembro do ano passado, com a entrada em vigor do novo mapa judiciário. 

O DN refere ainda que os processos, que terão de ser alvo de reavaliação, reapareceram em grande volume nas últimas duas semanas. A maioria dos processos terá sido remetida para os tribunais de Lisboa, Porto, Famalicão, Vila Nova de Gaia, Coimbra e Sintra. 

  • 333