exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Condutora estava no Facebook quando teve acidente que matou três

Uma mulher no Wisconsin estava a conduzir um carro envolvido num acidente que matou a sua filha e duas sobrinhas. O telemóvel recuperado agora mostra que a condutora estava no Facebook no momento da colisão.

  • 333

AFP/Getty Images

O telemóvel foi recuperado agora, meses depois do acidente e a análise da atividade fez com que a mulher esteja a ser acusada de homicídio. Aquando da colisão com um camião que circulava em sentido contrário, Kari Jo Millberg estaria a navegar no Facebook, noticia a Cnet.

A mulher ficou ferida com gravidade, mas a filha de 11 anos e as duas sobrinhas com cinco anos perderam a vida no acidente, em dezembro de 2013. Em abril do ano passado, a neve da zona derreteu e foi possível recuperar um telefone que se descobriu ser de Millberg.

Da análise ao telefone, concluiu-se que Millberg enviara uma mensagem no Facebook a um homem dois minutos antes da colisão. As autoridades pretendem que a mulher seja condenada por homicídio agora e a pena máxima pode chegar aos dez anos de prisão e 25 mil dólares de multa por cada vida ceifada. Há também indícios de que a mulher estaria a escrever SMS no telemóvel no momento do acidente.

Por outro lado, a análise ao organismo de Millberg mostrou a presença de Oxycodone e Midazolam, sedativos, enquanto a verificação do veículo mostrou que os pneus estavam em mau estado de conservação.

 

  • 333