exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Europol alerta para perigos da dark web e da encriptação de comunicações

As autoridades europeias chamaram a atenção para o perigo dos terroristas usarem a dark web e ferramentas de encriptação avançada para as suas comunicações.

  • 333

Colaborador Exame Informática

Rob Wainwright, responsável da Europol, alerta que as empresas tecnológicas devem reconsiderar a encriptação elevada que estão a oferecer aos seus clientes. As autoridades confessam ter muitas dificuldades em conseguir vigiar estas comunicações e alertam que possam estar a ser usadas por terroristas para recrutamentos e planeamento de ataques.

Na sequência das revelações de Edward Snowden, várias tecnológicas viraram-se para a encriptação forte das comunicações feitas entre utilizadores e publicitaram-na como sendo um garante para manter a privacidade de cada um. No entanto, estas tecnologias estão também a ser usadas por terroristas para as suas comunicações, o que torna muito difícil, se não impossível, o trabalho de contra-terrorismo, noticia a BBC.

Do lado de entidades como a TechUK, os responsáveis pedem que exista uma cooperação maior entre as autoridades e as agências de segurança, bem como um enquadramento legal mais ajustado para manter a segurança nacional e económica.

«É o maior problema do momento para a polícia e para as autoridades de segurança que lidam com ameaças de terrorismo», descreve Wainwright, falando da encriptação de comunicações. O outro grande problema é o advento da dark web que está a ser usada pelos terroristas para se moverem e comunicarem de forma anónima.

As páginas encriptadas estão a ser usadas por fundamentalistas, como é o caso do Estado Islâmico, para assegurar as comunicações. Por exemplo, sabe-se que estes terroristas têm 50 mil contas do Twitter, que são usadas para enviar cerca de cem mil mensagens por dia. 

  • 333