exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Ministério vai testar aulas de programação no 3º ano de escolaridade

No próximo ano letivo, 65 escolas do País vão começar a lecionar programação a alunos nos 3º e 4º anos de escolaridade. O projeto-piloto poderá servir de ponto de partida para inclusão da programação nos currículos escolares.

  • 333

Alexandre Bordalo

O Ministério da Educação vai testar a inclusão dos rudimentos da programação nos primeiros anos do ensino básico durante o ano letivo 2015-2016. Na Direção Geral de Educação, está a decorrer uma fase de candidaturas para escolas que pretendam lecionar linguagens de programação de interface gráfica junto de alunos do 3º e 4º anos de escolaridade. 

No final de março, o projeto-piloto conhecido como Iniciação à Programação no 1º Ciclo do Ensino Básico já contava com 65 escolas inscritas. O projeto, que pode funcionar como um primeiro passo para a inclusão dos rudimentos de programação nos currículos do ensino básico, não fixa qualquer limite ao número de escolas que poderão lecionar programação – pelo que o número de escolas aderentes poderá ainda aumentar nos tempos mais próximos.  

Nas escolas, as linguagens de programação Kodu e Scratch poderão ser lecionadas como complemento às atividades letivas “tradicionais” ou como ocupação de tempos livres.

Para preparar o ensino da programação juntop dos mais novos, a Direção Geral de Educação irá avançar com a formação de professores no que toca «ao pensamento computacional, práticas de sala e linguagens de programação Kodu e Scratch». Esta formação deverá decorrer entre junho e julho.

O Kodu e Scratch são as duas linguagens de interface gráfica (comandos por objetos, que não exigem códigos) mais populares do mundo.

Pode descobrir mais sobre este e outros projetos na Exame Informática 238 que acaba de chegar às bancas – e que tem por tema principal a aprendizagem das tecnologias juntos dos mais novos. que acaba de chegar às bancas – e que tem por tema principal a aprendizagem das tecnologias juntos dos mais novos.

  • 333