exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Pirataria: MAPINET conseguiu remover 168 mil links em 2014

Em 2014, Movimento Cívico Antipirataria na Internet (MAPINET) solicitou a remoção de 2,3 milhões de links usados por internautas portugueses. Destes pedidos, apenas 168 mil links que violavam os direitos de autores.

  • 333

Quais os conteúdos piratas que mais abundam no mercado português? O relatório do MAPINET relativo a 2014 dá uma ideia: no ano passado, a associação de autores e produtores que elegeu a pirataria como “inimiga nº1” solicitou a remoção de 694.660 links que permitiam descarregar ou aceder a séries de TV pirateadas, e ainda 569.811 links que remetiam para cópias ilegais de filmes. O top 3 da oferta pirata na Internet ficou completo com a solicitação de remoção de 326.383 links relativos a músicas piratas. O

s dados, que constam no relatório de contas da Impresa (proprietária da Exame Informática, SIC, Expresso, entre outros meios de comunicação), permitem concluir que, no ano transato, o MAPINET solicitou a remoção de um total de 2,3 milhões de links junto de sites de vários pontos do Globo que alojam vídeos, revistas, músicas, software, jogos, filmes e séries sem a devida autorização de autores e produtores. 

Entre o total de pedidos de remoção e o total de remoções realmente efetivadas há uma discrepância assinalável: apenas 167.964 links foram removidos – e foi na música que o MAPINET registou maior taxa de sucesso: 106.961 links piratas eliminados. No que toca a filmes, foram removidos 41.257 links, ficando o top 3 completo com a remoção de 8.200 links que remetiam para software pirata.