exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Google esteve muito perto de comprar Tesla em 2013

O negócio chegou a estar acordado entre os líderes das duas empresas, Elon Musk e Larry Page, e previa o pagamento de 6 mil milhões de dólares.

  • 333

Ashlee Vance é jornalista da Bloomberg e está prestes a lançar o livro ‘Elon Musk: Tesla, SpaceX and the Quest for a Fantastic Future’ (‘Elon Musk: Tesla, SpaceX e a Procura de um Futuro Fantástico’, em tradução livre). Uma das principais novidades da obra é a revelação que a Tesla esteve quase a ser vendida à Google em 2013.

Na altura, a Tesla atravessava um período de dificuldades e tinha chegado a parar a produção, devido à baixa procura dos seus carros elétricos. Elon Musk, o CEO da empresa, começou a adotar uma série de medidas de risco – como retirar membros de cada uma das divisões da companhia e transformá-los em comerciais – e chegou a telefonar a Larry Page, CEO da Google.

Segundo avança a Cnet, Musk pedia 6 mil milhões de dólares pela Tesla, sendo que pedia 5 mil milhões adicionais numa injeção de capital para garantir o crescimento da empresa. Além disso, também queria garantias que permaneceria envolvido no projeto e que a Tesla continuaria a ser uma companhia autónoma.

Os dois líderes chegaram a um acordo verbal e as formalidades tiveram início. Contudo, pouco tempo depois, as vendas da Tesla dispararam e a empresa começou a apresentar lucros, pelo que o negócio foi cancelado.

Recorde-se que, atualmente, a Tesla está avaliada em 25 mil milhões de dólares.

  • 333