exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Mozilla quer lançar um telemóvel... outra vez

O grande chamariz da Mozilla foi o smartphone de 25 dólares. Agora, a fundação  que criou o Firefox OS pretende apostar mais na qualidade e não no fator preço. 

  • 333

A tentativa falhou e o domínio da Google e da Apple não saiu beliscado com os smartphones de 25 dólares da Mozilla. Segundo um email do diretor executivo da Mozilla, Chris Beard, uma das soluções pode passar por autorizar o Firefox OS a correr algumas apps do Android. A mudança de estratégia reflete as dificuldades que uma organização sem fins lucrativos terá de enfrentar se quiser sobreviver no segmento das tecnológicas. O Firefox OS não deve equipar o próximo smartphone de muitos utilizadores, mas poderá servir de inspiração para alguns princípios, explica a Cnet.

Os analistas dizem que tanto a Mozilla, como a Ubuntu ou a Blackberry enfrentam dificuldades semelhantes no combate ao domínio Google / Apple: a falta de apps que enriqueçam o portefólio e que ofereçam alternativas aos utilizadores. 

O email do diretor executivo detalha o projeto Ignite, posto em marcha há algumas semanas, mas do qual só agora se conhecem mais pormenores. A Ignite tem o objetivo de oferecer serviços baseados na Internet a milhões de utilizadores que não podem ter smartphones. O foco agora será a experiência de utilização, como suporte a trabalho offline, melhores formas de atualizar o software e expansão constante do Firefox OS a outros dispositivos que não telefones ou gadgets ligados à Net.

A estratégia vai passar também por apostar mais na Web e no browser como meio através do qual o utilizador tem acesso às apps. Vamos ainda explorar «a compatibilidade com apps Android», disse Beard.

  • 333