exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Chips Cannonlake de 10 nm da Intel só em 2017

A Intel explica que o período de transição entre gerações de processadores passou de dois anos para dois anos e meio e, como consequência, os chips fabricados segundo o processo de fabrico de 10 nm só chegarão no segundo semestre de 2017.

  • 333

A Intel começou a produção de chips Broadwell de 14 nm em 2013, mas estes só apareceram no final do ano passado. Os primeiros dispositivos só chegaram ao mercado no início deste ano. Este atraso verificado na transição entre duas gerações aumentou seis meses e os chips Cannonlake, inicialmente previstos para finais de 2016, só devem chegar mesmo na segunda metade de 2017.

O anúncio foi feito pela gigante dos chips durante a conferência de apresentação de resultados financeiros. Se o padrão se mantiver, os chips construídos segundo o processo de fabrico de 7 nm só devem chegar na primeira metade de 2020. Sabe-se que a IBM já está a trabalhar, com os seus parceiros Samsung e Global Foundries, num protótipo destes chips. A IBM pode conseguir adiantar-se desta forma à Intel no lançamento de uma nova geração de processadores, algo que não acontece há décadas.

O atraso pode significar que a Intel vai lançar os chips de 10 nm na mesma altura que a TSMC prepara chips idênticos para a Apple.