exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Sim, é possível usar a Net para atacar os travões de um carro

Os sistemas de infotainment a bordo dos carros modernos podem também ser portas de entrada para os hackers tomarem controlo do veículo.

  • 333

Um grupo de investigadores britânicos afirma que é possível atacar um carro através de um sinal de rádio DAB, de digital audio broadcasting. Este método coincide com uma falha descoberta por investigadores nos EUA. Os dois investigadores mostraram como é possível atacar um Jeep Cherokee enviando dados para o sistema de entretenimento e navegação do carro através de um telemóvel.

De acordo com a BBC, o grupo britânico consegue de uma forma relativamente barata enviar sinais DAB para injetar código que permita ao atacante tomar conta de todo o sistema do veículo, até a direção e os travões. Dependendo da estação DAB que tenha sido construída, este ataque pode ser perpetrado em vários veículos em simultâneo.

Na SBD, outra empresa especializada, Mike Parris analisou os carros modernos e concluiu que existem mais de 50 computadores interligados que correm mais de 50 milhões de linhas de código. Por outro lado, um avião moderno corre 14 milhões de linhas.

Os investigadores britânicos conseguiram afetar o sistema de travões de um veículo, influenciando o mecanismo que trava o carro automaticamente em caso de colisão iminente. Os testes ainda só decorreram em ambiente de laboratório.

A exploração destas vulnerabilidades exige muito conhecimento e algum dinheiro, mas no entanto «há grandes organizações [criminosas] interessadas» nestas falhas.