exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Smartwatches também estão vulneráveis, avisa HP

A HP testou dez relógios inteligentes e avisa que detetou pelos menos uma falha de segurança em cada um.

  • 333

A HP analisou dez wearables para verificar como se portavam na proteção de palavras-chave e de encriptação de dados e concluiu que todos eles apresentavam algumas lacunas. A empresa afirma que testou dez dos relógios inteligentes mais populares para aferir se cumprem com as recomendações do Open Web Application Security Project.

As conclusões não são as mais animadoras, com apenas metade a ter um mecanismo para evitar que terceiros acedam aos dados armazenados e nove relógios a enviarem dados desencriptados e que são facilmente interceptáveis. Por outro lado, três smartwatches permitem inúmeras tentativas de login, útil para os hackers descobrirem as passwords de acesso e dois deles podiam ser facilmente emparelhados com outros telemóveis, noticia a BBC.

A HP recusa revelar quais são os relógios inteligentes testados e quais os que apresentaram as falhas, mas afirma estar a trabalhar com os fabricantes envolvidos para encontrarem as correções necessárias.

Responsáveis das empresas de segurança McAfee e ESET já vieram a público criticar os fabricantes dos relógios inteligentes, acusando-os de apressarem os lançamentos de produtos, mesmo que não sejam seguros, para conseguirem mais vendas.