exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Empresa portuguesa CoVii vence prémio de usabilidade na IFA

A CoVii venceu um prémio UX Design atribuído na feira IFA. A empresa portuguesa foi distinguida pelo VUX: um sistema integrado numa cozinha da Grundig que transforma as superfícies em áreas interativas

  • 333

Pedro Miguel Oliveira

O UX Design Award repousa em cima da cozinha da Grundig que usa o VUX

O UX Design Award repousa em cima da cozinha da Grundig que usa o VUX

Dentro do stand da Grundig, na IFA, uma empresa portuguesa deu nas vistas. A CoVii demonstrava uma solução interativa aplicada a uma cozinha. E não se tratava de um protótipo. O VUX (Virtual User Xperience) tinha os seus principais elementos a funcionar e esta cozinha vai estar disponível no mercado já no segundo trimestre do próximo ano. A plataforma interativa desenvolvida pela empresa portuguesa e pela Arcelik (fabricante turco, um dos maiores na área dos eletrodomésticos) chamou a atenção do júri dos prémios UX Design. Tanto que o VUX venceu um prémio na área da Usabilidade.

Pedro Silva, um dos principais responsáveis da empresa portuguesa, enalteceu, à Exame Informática, a importância deste prémio: “Para a CoVii, este prémio vem reforçar a ideia de que o produto vai ter sucesso no mercado. Ao longo deste processo, mais do que uma ideia inovadora, as pessoas perguntaram muitas vezes quando é que estaria disponível e quanto iria custar… pois querem o produto. Este prémio vem provar que não é só uma ideia ou um conceito, é um produto que as pessoas vão usar”.

E o que faz o VUX? Um projetor e sensores colocados no exaustor por cima da placa de indução (e no tampo da cozinha) monitorizam a atividade do utilizador e mostram, em cima da placa e do tampo da cozinha, os comandos que permitem interagir com vários sistemas. É importante referir que não estamos perante uma interação tátil. Tendo em conta a elevada temperatura que a placa de indução pode atingir, o utilizador só tem de aproximar o dedo para “pressionar” um botão e, assim, dar ordem à de início de programa da máquina de lavar louça.

Se, por acaso pousar um pano no local onde estão a ser mostrados os comandos, os sensores e projetor interpretam esse bloqueio e mudam, automaticamente, o local onde está a ser mostrada essa informação.

Mas o VUX faz mais. Se lhe dissermos que é possível estar a cozinhar e ver surgir no tampo da cozinha a imagem da câmara de segurança que está a monitorizar a atividade do bebé no quarto? Ou, por exemplo, receber uma chamada e ver quem lhe está a ligar junto à placa de indução? Tudo isto é possível e a plataforma está em permanente desenvolvimento, como explicou Pedro Silva à Exame Informática.

A CoVii é uma empresa portuguesa que desenvolve software para plataforma interativas. A empresa foi agora adquirida, parcialmente, pela Arcelik – empresa turca que é um dos maiores fabricantes de eletrodomésticos do mundo e que detém marcas como a Grundig e a Beko.

Veja aqui o vídeo onde o designr da Arcelik mostra a cozinha que integra o VUX.

  • 333