exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Esgotaram os endereços IPv4 nos EUA

Esgotaram os endereços IPv4 nos Estados Unidos. A ARIN (American Registry for Internet Numbers) não tem mais blocos para atribuir. Agora, só comprando a quem os tem.

  • 333

O departamento que gere a distribuição de endereços IP nos EUA (ARIN) declarou ontem que esgotaram os endereços em IPv4. Há muito que se sabia que condicionalismos tecnológicos iriam obrigar à migração para um protocolo de Internet com maior capacidade de atribuição de endereços. Afinal, os 32 bits do IPv4 só permitiam criar 4.294.967.296 endereços!!!

O crescente número de máquinas ligadas à Internet fez com que a quota de endereços acabasse por esgotar em várias regiões do Globo. Primeiro na Ásia-Pacífico, depois Europa, América Latina e, agora, nos EUA.

A transição para o IPv6 (subsituto do IPv4) obriga empresas e particulares a investir em dispositivos e sistemas que sejam compatíveis com esta norma. Por isso, tal como acontece na Europa desde 2012, os dois protocolos vão ter de manter-se em atividade em simultâneo.

Se achou o número de endereços possíveis dentro do IPv4 uma alarvidade, tenha em consideração que o IPv6 usa 128 bits o que pode, em última análise, ter um algarismo em que deve juntar ao número 340, 66 zeros! Sim, são 340 undeciliões.

Para já, nos EUA, quem quiser novos endereços IPv4 vai ter de esperar que alguém os venda. Ou seja, pode ser uma oportunidade de negócio para alguns.

  • 333