exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

IKI Mobile: nova marca portuguesa lança smartphones e smartwatches

Portugal tem uma nova marca de smartphones e smartwatches. A IKI Mobile revela planos ambiciosos de internacionalização e quer chegar aos 10% de quota de mercado no próximo ano, mas, para já, disponibiliza os seus produtos apenas numa plataforma online.

  • 333

Paulo Matos

De smartphones de 4” a 6” até dois modelos de smartwatches, a IKI Mobile apresentou hoje uma panóplia de produtos, onde também se incluem telemóveis simples (com botões físicos) e acessórios, como powerbanks e headphones, por exemplo.

A nível de smartphones, os dispositivos têm sistema operativo Android, processadores MTK Mediatek – que vão dos dois aos oito núcleos – e são Dual SIM. O topo de gama da IKI Mobile é o KF 5.5i, que apresenta um ecrã IPS de 5,5” (1280x720), 1 GB de RAM, 8 GB de armazenamento, processador MTK6290 de quatro núcleos a 1,3 GHz e tem câmaras de 13 e 5 MP. A bateria é de 2500 mAh, a espessura é de 9,3 mm e o preço é €229,90.

No que diz respeito à estratégia, Tito Cardoso, CEO da IKI Mobile, mostra-se ambicioso e revela que espera vender 10 mil produtos ainda este ano, o que representa um volume de vendas de €1,2 milhões. Para o próximo ano, o objetivo é chegar a uma quota de mercado de 10%. Planos que não serão fáceis de cumprir, já que a empresa apenas está a disponibilizar os seus produtos através de uma plataforma de e-commerce, embora tenha adiantado que espera chegar a acordo com retalhistas e distribuidores no próximo ano.

A marca também vai distribuir os seus produtos pelo mercado europeu e está negociar a entrada no mercado árabe, africano e da América Latina. Para o futuro, a IKI não coloca de parte uma expansão para o continente asiático e para os Estados Unidos.

Refira-se que a IKI Mobile foi fundada pela Univercosmos (do Grupo FF), uma empresa de consultoria que funciona desde 2010, e está sediada em Lisboa. A empresa espera conseguir abrir uma fábrica em Portugal em 2017, sendo que atualmente a produção está localizada na China.

  • 333