exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Cotec lança concurso de engenharia para alunos do 7º ao 9º anos de escolaridade

A Cotec pretende premiar protótipos que resolvam necessidades do quotidiano. O prémio principal está fixado em 12 mil euros. Já é possível fazer as inscrições na Internet.

  • 333

A associação de empreendedorismo Cotec acaba de abrir as inscrições para um concurso enegenharia dedicado a estudantes do terceiro ciclo do ensino básico (do 7º ao 9º anos de escolaridade). O concurso, denominado “Portugal, País de Excelência em Engenharia”, prevê atribuir a alunos e professores um prémio máximo de 12 mil euros ao melhor projeto (ou ao melhor produto) científico. A Cotec também vai atribuir prémios às escolas dos alunos e professores distinguidos. No total, serão entregues 60 mil euros de prémios.

O concurso decorre durante o ano letivo de 2015-16 e está aberto a todas as escolas públicas e privadas do País. As pré-inscrições, que já devem referir os participantes e os propósitos dos projetos, podem ser feitas na Internet até 29 de fevereiro. Depois das pré-inscrições, os concorrentes serão convidados a fazer a candidatura definitiva.

Aos participantes no concurso serão apresentados dois desafios: num deles, os alunos terão de desenvolver um protótipo que resolva uma necessidade ou uma lacuna do dia-a-dia que tenha sido devida identifica. O desenvolvimento do protótipo deve ter em conta conceitos de engenharia, computação ou ciência em geral. O segundo desafio tem por objetivo avaliar escolas ou agrupamentos escolares no que toca ao ensino de engenharia, componentes laboratoriais e espaços de aprendizagem.

«O objetivo deste Prémio é promover o gosto pela engenharia e pela ciência em jovens estudantes, destacando a importância da aprendizagem esta área de estudo, fundamental para incentivar a inovação e o empreendedorismo na sociedade, bem como contribuir para o aumento das oportunidades de emprego destes jovens (não há praticamente desemprego nesta área) e o desenvolvimento do País (com cada vez mais empresas a sentirem necessidade deste tipo de qualificações). Na primeira secção do concurso pede-se aos alunos de 3.º ciclo que identifiquem uma dificuldade real e, com recurso a conceitos de engenharia, ciência ou computação, desenvolvam um protótipo que vise responder ao problema encontrado», explica o comunicado da Cotec, lembrando que esta iniciativa é levada a cabo em parceria com o Ministério da Educação e Ciência.

  • 333