exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

COTEC: prémios de inovação para Tekever, Palbit, Bosch e Procalçado

Esquentadores, sapatos, drones e ferramentas de corte. Tudo made in Portugal. Tudo com prémios da COTEC. Uma nova fornada de 25 empresas acaba de dar entrada nua rede de inovação da associação de empreendedorismo.

  • 333
A Procalçado recebeu um prémio da COTEC pelo desenvolvimento de calçado para profissionais que passam mais tempo em pé

A Procalçado recebeu um prémio da COTEC pelo desenvolvimento de calçado para profissionais que passam mais tempo em pé

Filipe Braga

A associação de empreendedorismo COTEC deu hoje a conhecer os vencedores dos prémios PME Inovação COTEC-BPI 2015 e dos prémios de Produto Inovação COTEC-NORS 2015. Os dois prémios foram atribuídos em ex-aequo: no caso do PME Inovação, o prémio foi entregue à Tekever e à Palbit; e o prémio Produto Inovação foi atribuído à Bosch e à Procalçado.

O comunicado da COTEC recorda que a Palbit é uma empresa que remonta a 1916, que soube mudar de área de atuação ao longo dos anos e que agora exporta 80% da das ferramentas de corte que produz para 50 países.

A Tekever também soube acompanhar as tendências de mercado e, depois de ganhar clientes de nomes sonantes nas plataformas dedicadas à gestão do workflow, começou a dar cartas na produção de drones, que já são usados em projetos da UE e ESA, e tem já em vista a produção de nanossatélites e microssatélites.

O prémio Produto Inovação 2015 foi atribuído à Bosch pelo desenvolvimento de esquentadores com interface de controlo tátil e bluetooth que dão pelo nome de Sensor Connect. A nova tecnologia foi desenhada em Aveiro. O outro vencedor ex-aequo é a Procalçado, com o calçado Wock. Com o Wock, a Procalçado criou uma linha de calçado com tecnologia de absorção de impactos, antiestática e antiderrapante que foi desenhada para profissionais que passam muito tempo em pé.

Destaque ainda par o facto de o prémio Produto Inovação ter atribuído uma menção honrosa para o produto Movves, que permite contabilizar visitantes e analisar espaços visitados de um recinto através da análise de radiofrequências de telemóveis.

O produto foi criado por ex-investigadores da Universidade do Porto. O Movves tem vindo a ser explorado comercialmente pela empresa Movvo.

A COTEC anunciou ainda que já foram admitidas 25 empresas para mais uma edição da Rede PME Inovação.

  • 333