exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Três detidos por esquema de hacking que afetou 60 milhões de pessoas

Os suspeitos norte-americanos enfrentam acusações de conspiração para cometer fraude e crimes relacionados, tendo conseguido angariar cerca de €2 milhões em lucros ilegais.

  • 333

Paulo Matos

Três norte-americanos foram detidos esta semana e acusados pelas autoridades de Newark, em Nova Jérsia, de criar um esquema de hacking e spamming que tinha como alvo 60 milhões de pessoas. Timothy Livingston (30 anos), Tomasz Chmielarz (32 anos) e Devin McArthur (27 anos) enfrentam acusações de conspiração para cometer fraude e crimes relacionados.

O esquema afetou múltiplas empresas e conseguiu angariar cerca de €2 milhões em lucros ilegais, revela a Reuters.

De acordo com o Ministério Público, Timothy Livingston, que tinha uma empresa de spam chamada A Whole Lot of Nothing (“Muito de nada” em tradução livre), contratou Tomasz Chmielarz para criar programas e ferramentas de hacking que facilitassem a disseminação de spamming e hacking.

Entre as companhias afetadas pelo esquema está uma empresa de telecomunicações da Pensilvânia, através da qual os suspeitos ganharam acesso aos dados de mais de 50 milhões de pessoas.

  • 333