exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Sony está a desenvolver bateria que aumenta autonomia em 40%

O novo tipo de bateria troca as células de lítio por um composto de enxofre para conseguir aumentar a autonomia. Contudo, a tecnologia não chegará ao mercado antes de 2020.

  • 333

Paulo Matos

A Sony está a trabalhar num novo tipo de bateria para smartphone que tem mais 40% de autonomia numa única carga do que uma tradicional bateria de lítio. De acordo com o Nikkei, o “segredo” da inovação está na utilização de um composto de enxofre em vez do lítio, o que permite armazenar mais energia.

Contudo, como recorda o Tech Radar, baterias que recorrem a enxofre não são propriamente uma novidade, pois já foram experimentadas anteriormente. O problema é que os elétrodos consumiam a energia a um ritmo mais elevado do que as células de lítio. Assim, a principal inovação da Sony estará no facto de ter encontrado uma solução para conseguir contornar esta questão.

Os testes vão continuar e antes de 2020 esta tecnologia não chegará ao mercado. Porém, a expectativa é que estas baterias não só possam durar mais como possam ser mais pequenas – já que serão mais eficientes –, o que, em última análise, permitirá a construção de telemóveis mais finos no futuro.

  • 333