exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Amazon quer alugar aviões para assegurar entregas?

Alguns executivos de companhias aéreas dizem que a Amazon quer assegurar o aluguer de 20 Boeing 767 para criar o seu próprio serviço de distribuição.

  • 333

A gigante do retalho online pretende concorrer com a FedEx e com a UPS já em 2016 e assegurar um serviço de distribuição próprio. Executivos de companhias aéreas que preferiram manter o anonimato asseguraram ao Seattle Times que a Amazon já terá feito algumas abordagens no sentido de ter uma frota de 20 Boeings 767, em regime de leasing. No limite, esta opção permitirá que a Amazon possa também fazer entregas para outras empresas, concorrendo diretamente com as empresas de entregas como a UPS e a FedEx.

Em novembro, soube-se que uma empresa sedeada no estado do Ohio estava a fazer distribuições para um cliente com o nome de código “Aerosmith”. Na altura, os rumores indicavam que este cliente era a Amazon até porque havia uma coincidência entre os voos realizados e alguns dos armazéns da Amazon nos EUA.

Ter uma frota própria para a distribuição vai permitir que a Amazon tenha um maior controlo sobre as suas entregas, aumentando a satisfação global dos clientes. A empresa recusou comentar estes rumores.