exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Escola norueguesa põe e-sports no programa escolar

Uma escola do ensino secundário da Noruega vai ter uma disciplina dedicada a desportos eletrónicos, com os alunos a terem cinco horas de aulas por semana. Treino físico otimizado para esta área também está no programa.

  • 333

Paulo Matos

A Garnes Vidaregåande Skole, uma escola do ensino secundário na cidade de Bergen, na Noruega, vai incluir uma disciplina de e-sports no programa escolar a partir de Agosto. Os desportos eletrónicos terão um peso semelhante a desportos tradicionais, como futebol ou andebol. Na prática, isto significa que cerca de 30 alunos irão dedicar-se a esta disciplina durante cinco horas por semana durante três anos, revela o Ars Technica.

As aulas não se irão limitar a servir para jogar, pois durante os 90 minutos haverá também treino físico otimizado para os jogos eletrónicos, com enfoque nas áreas de reflexos, força e resistência. A turma será dividida em dois e 15 alunos irão jogar enquanto outros 15 se dedicam à atividade física, alternando posteriormente.

Os alunos serão depois avaliados com base no conhecimento do jogo, perícia, comunicação, capacidade de cooperação e habilidade tática.

A escola irá fornecer salas de aula específicas, que terão cadeiras para gaming e PCs com gráficas Nvidia GeForce GTX 980Ti, sendo que cada aluno deverá levar o próprio rato, teclado e headsets.

Serão oferecidos dois jogos, mas ainda não estão decididos quais serão, sendo que Counter-Strike: Global Offensive, Dota 2, League of Legends e Starcraft II estão entre as hipóteses mais prováveis.

  • 333