exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Homem-aranha? Não, é um caçador de drones em ação!

Hugo Séneca

  • 333

A Universidade Tecnológica do Michigan desenvolveu um drone que está equipado com uma rede que permite aprisionar drones considerados suspeitos.

Hugo Séneca

Num dia talvez não muito distante, drones bons e drones maus acabarão por se defrontar nos céus. Nesse dia, é possível que alguém se lembre do trabalho que a Universidade de Tecnologia do Michigan, nos EUA, realizou em torno do desenvolvimento de um sistema de captura, que aprisiona os drones com o lançamento de uma rede, em pleno voo.

Com este sistema que mais parece a principal arma do Homem-aranha, os investigadores norte-americanos criaram um dispositivo que poderá limitar danos e perdas humanos em batalhas de drones que envolvam drones armados com armadas ou explosivos.

«O nosso sistema é único porque tem uma rede ligada ao nosso drone caçador, o que permite aprisionar um drone considerado suspeito, ou largá-lo numa determinada área considerada segura», explica Mo Rastgaar, investigador da universidade do Estado de Michigan, quando inquirido pelo The Guardian. No vídeo inserido nesta página pode ver o drone da Universidade Tecnológica do Michigan em ação.

  • 333