exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Venda de computadores regista queda recorde de 10,6%

A Lenovo em primeiro lugar; a HP e a Dell em segundo e terceiro. É este o top 3 das vendas de PC mundiais. As vendas de computadores pessoais registaram uma queda pelo quinto trimestre consecutivo.

  • 333

Hugo Séneca

Nunca as vendas de computadores pessoais tinha registado uma quebra tão acentuada de um ano para o outro. A IDC estima que, no quarto trimestre de 2015, as vendas de PC registaram uma perda de 10,6% face ao trimestre homólogo de 2014. No total, terão sido vendidos 71,9 milhões de PC em todo o mundo durante os últimos três meses do ano transato.

As estimativas da IDC revelam que as vendas de computadores caíram em todos continentes. É o quinto trimestre consecutivo que regista uma perda nas vendas de computadores pessoais, noticia a BBC. As estimativas da IDC são um pouco mais pessimistas que as da Gartner, que apontam para uma perda de 8,3% nas vendas de computadores pessoais.

Segundo a IDC o declínio das vendas não se deve apenas a fatores tecnológicos: em 2016, prevê-se que o upgrade para o Windows 10 possa contrariar a regressão comercial, mas tudo leva a crer que as vendas continuarão a cair depois desse momento. A crise financeira na China e as convulsões no Médio Oriente também terão penalizado as vendas de computadores pessoais.

No ranking das vendas, dois destaques: a Lenovo lidera com mais de 20% do mercado mundial; e a Apple, apesar de não passar dos seis por cento, foi a única marca do Top 5 a registar um crescimento nas vendas. O top 5 é liderado pela Lenovo; no segundo lugar encontra-se a HP; e no terceiro a HP. Apple e Asus estão empatadas no quarto lugar.

  • 333