exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Yahoo: €4 mil milhões de prejuízos e 1700 despedimentos

Para tentar inverter os prejuízos e as perdas bolsistas, a empresa vai pôr em marcha um plano estratégico agressivo que implica prescindir de 15% da força laboral e fechar cinco delegações no estrangeiro.

  • 333

Paulo Matos

Marissa Mayer, CEO da Yahoo, anunciou um plano estratégico agressivo para acelerar a transformação da empresa. Depois de ter registado perdas de 4,4 mil milhões de dólares (o equivalente a cerca de 4 mil milhões de euros) no último trimestre, a Yahoo prepara-se agora para reduzir o número de funcionários em 15%, ou seja, 1700 empregados. Além disso, a companhia também vai encerrar cinco delegações estrangeiras até ao final do primeiro trimestre deste ano: Dubai, Cidade do México, Buenos Aires, Madrid e Milão.

Refira-se que Mayer tem vindo a ser pressionada pela maioria dos acionistas, que se têm vindo a revelar descontentes com a gestão da antiga funcionária da Google. De acordo com o The Guardian, a executiva aproveitou igualmente a ocasião para negar rumores de que a Yahoo teria gasto 7 milhões de dólares numa festa de Natal.

Com este plano estratégico, Mayer quer simplificar a empresa. É que, apesar das receitas da Yahoo terem aumentado no ano passado, as ações da companhia caíram 33%.

  • 333