exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Google começa a aplicar “direito a ser esquecido” na Europa

A Google já confirmou oficialmente que a partir da próxima semana vai começar a aplicar o direito a ser esquecido, cumprindo a sentença dos tribunais europeus.

  • 333

A decisão data de 2014 e o tribunal explicou que os utilizadores europeus podem mesmo requerer à Google para apagar resultados que não sejam relevantes ou que já estejam ultrapassados. As autoridades judiciais reconheceram o direito a ser esquecido, uma decisão contestada pela Google.

A gigante tecnológica já tinha começado a remover os resultados das pesquisas feitas a partir de solo europeu, mas apenas nos sites do “velho continente”, como Google.uk ou Google.fr. Agora, a Google explica que vai remover os resultados mesmo em todos os seus sites, incluindo o universal Google.com, noticia o The Verge.

«A partir da próxima semana, juntamente com a prática já existente, vamos usar sinais de geolocalização (como o endereço IP) para restringir o acesso a URL não listados em todos os domínios de Pesquisas Google, incluindo Google.com», diz o comunicado da Google.

  • 333