exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Facebook revela que informações pedem os governos

A empresa de Mark Zuckerberg divulgou o Global Government Requests Report, onde revela quais os países que mais pedidos de informação ou de bloqueio fizeram no segundo semestre de 2015.

  • 333

No caso dos EUA, pode dizer-se que o governo quer os dados dos cidadãos e não quer que se saiba: mais de 60% dos pedidos vieram acompanhados de uma restrição judicial que impedia o Facebook de falar sobre essa solicitação, noticia a Cnet.

No caso de Portugal, houve um aumento também de semestre para semestre, com os pedidos por parte das autoridades a subirem de 488 para 545. No entanto, o Facebook detalha ainda a percentagem de pedidos em que alguma informação foi produzida e esse valor baixou de 36 para 30% durante o ano de 2015.

A empresa justifica ainda que responde aos pedidos de dados envolvendo situações criminais, mas que valida todos os pedidos e só responde se tiverem validade legal, não fornecendo qualquer “porta traseira” para o acesso a estes dados.

No total, os governos pediram por dados dos utilizadores em 46763 vezes, um aumento de 13% face ao semestre anterior. Em algumas situações particulares, o governo solicita a remoção de conteúdos que possam violar a legislação local, como foi o caso dos atentados de Paris em novembro, onde as autoridades fizeram mais de 32 mil pedidos de bloqueio.

Veja o mapa interativo com todos os pedidos aqui.