exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

CEO da SWIFT nega hack que desviou 81 milhões de dólares

O responsável executivo do sistema de pagamentos SWIFT negou que a empresa tenha sido responsável pelo hack que desviou 81 milhões de dólares este ano.

  • 333

O sistema SWIFT é usado por empresas e instituições em todo o mundo para troca de informação sobre transações financeiras e, segundo o CEO Gottfried Leibbrandt, não foi afetado pelo ataque a uma conta do banco central do Bangladesh, noticia a Reuters.

Os investigadores de segurança da BAE Systems revelaram que os hackers conseguiram manipular o software de servidor da SWIFT Alliance Access, usado pelos bancos para interagir com a plataforma da SWIFT. Segundo o CEO da empresa, não foi o seu sistema que foi atacado, tratando-se de fraude do cliente.

Os responsáveis do Bangladesh acusaram ainda os técnicos da SWIFT de terem tornado o banco central mais vulnerável ao ataque e de terem introduzido falhas de segurança propositadamente quando se efetuou a ligação do sistema de mensagens naquele país.

A SWIFT enviou uma comunicação aos bancos seus clientes de que estes é que são responsáveis por assegurar a segurança do envio das mensagens na sua rede.

  • 333