exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

SIBS: mudanças nos pagamentos com cartão não têm custos para o consumidor

A SIBS garante que quem usa cartões de débito não vai ter de suportar qualquer custo caso escolha fazer um pagamento sem ser por Multibanco.

  • 333

Hugo Séneca

Igor Zhorov

A SIBS, a entidade que gere o Multibanco, esclareceu hoje que as mudanças nos sistemas de pagamento com cartões eletrónicos não deverão implicar custos para o consumidor.

Em comunicado, a SIBS tenta pôr termo às dúvidas dos consumidores que têm proliferado na Internet quanto à opção que passou a constar nos terminais eletrónicos dos lojistas, que insta o consumidor a escolher entre pagamentos através do Multibanco ou através de sistemas de crédito: «Esta alteração decorre de um regulamento europeu de taxas de intercâmbio de cartões (Regulamento UE 2015/751 de 29 de abril de 2015) e foi, portanto, implementada pela SIBS na Rede Multibanco».

A SIBS refere que os utilizadores que usem cartões de débito, mas enveredem pela modalidade de pagamento a crédito não terão de pagar qualquer valor acrescentado ou relativo à transação eletrónica. «Caso o cartão seja de débito, a operação será sempre efetuada nesta modalidade, estando o consumidor apenas a escolher fazer a compra através da marca Multibanco ou de outra marca internacional (Visa, MasterCard ou American Express, por exemplo)».

A SIBS refere que ainda que as alterações agora implementadas pretendem fomentar a transparência a concorrência, mas admite que haja casos em que esta nova possibilidade de opção não esteja disponível: «Caso o cartão ou terminal de pagamento só aceite uma marca, não é conferida ao cliente a opção de selecionar a marca através da qual pretende fazer o seu pagamento».

A SIBS não refere quais os eventuais custos que o uso da rede Multibanco ou das redes alternativas podem ter para os comerciantes: «Os comerciantes e consumidores que tenham qualquer dúvida relacionada com este tema deverão contactar o seu banco ou instituição de pagamento».

  • 333