exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

YouTubers aceitaram dinheiro para fazer críticas positivas

As autoridades dos EUA chegaram a acordo com a Warner Bros e a empresa assume que não comunicou publicamente o pagamento a YouTubers para que estes fizessem críticas positivas a um videojogo.

  • 333

Vários YouTubers terão recebido um pagamento em troca de vídeos com críticas positivas ao jogo Middle Earth: Shadow of Mordor, da Warner Bros. A empresa assume que não revelou publicamente estes pagamentos e agora foi condenada pela Federal Trade Commission. As autoridades dos EUA impuseram que a Warner revelasse atempadamente este tipo de acordos e que não deve usar vídeos patrocinados e artigos encomendados e mostrá-los como trabalho de produtores independentes. «Empresas como a Warner Bros têm de ser honestas com o consumidor nas suas campanhas online», disse Jessica Rich, uma das diretoras da FTC, citada pelo The Verge.

O pagamento aos YouTubers pressupunha que estes fizessem pelo menos um tuíte ou um post no Facebook contendo uma crítica positiva e publicassem vídeos sem qualquer ponto negativo sobre o jogo. Estes vídeos não podem mostrar bugs do jogo, revelar opiniões negativas e devem incluir um forte apelo a que o utilizador clique no link para saber mais sobre o título, como se registar e como o encomendar.

A estrela do YouTube PewDiePie também entrou neste negócio e rendeu mais de 3,7 milhões de visualizações à Warner Bros, num total estimado de 5,5 milhões.

  • 333