exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Chernobyl poderá ter a maior central solar do mundo

As autoridades ucranianas estão a negociar com empresas dos EUA e do Canadá para converterem as instalações de Chernobyl na maior quinta de painéis solares.

  • 333

Mais de 2550 quilómetros quadrados de terras em Chernobyl estão numa zona de exclusão , devido aos níveis elevados de radiação nuclear resultantes do acidente da década de 1980. Agora, as autoridades da Ucrânia estão a negociar com empresas dos EUA e do Canadá para poderem instalar naquele local aquela que será a maior quinta de painéis solares com capacidade de 1GW. O custo total do projeto pode chegar aos 1,5 mil milhões de dólares. Já há planos para construção de instalações com esta capacidade no Egito, Índia, China ou Emiratos Árabes Unidos, mas nenhum está concluído ainda, explica o Electrek.

«O site de Chernobyl tem bastante potencial para as energias renováveis», disse o ministro do ambiente da Ucrânia, avançando que a ideia passa por aproveitar também as linhas de transmissão já existentes no local.

A Greenpeace estima que mais de cem mil pessoas irão morrer de cancro depois do acidente de Chernobyl e não deixará de ser irónico que o local seja usado para a construção de uma central para a produção de energias limpas.

  • 333