exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Finanças detetam programas de faturação que permitem fugir ao fisco

As autoridades portuguesas anularam o certificado de dois programas usados por cerca de dez mil entidades e que permitem fugir ao fisco.

  • 333

As empresas que usam os dois programas têm até setembro para trocar de programa e regularizar eventuais faturas não declaradas. As autoridades detetaram que o CR Mais e o WinPlus, com os certificados nº 1422 e 1751, permitem às empresas eliminar registos de vendas e prestações de serviços, fugindo assim ao pagamento de impostos.

A Autoridade Tributária e Aduaneira procedeu à anulação dos certificados destes programas e estabeleceu um prazo até 15 de setembro para as empresas mudarem de software e, quando aplicável, declarar junto da AT a intenção de regularizar voluntariamente a sua situação tributária em relação às faturas cuja emissão ou comunicação tenha sido omitida, noticia a Rádio Renascença.

Sabe-se ainda que as autoridades portuguesas estão a investigar outras aplicações informáticas e as entidades que recorrem à sua utilização para emissão e comunicação de faturas.