exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Ford quer frotas de carros autónomos em 2021

A Ford quer entrar em dois segmentos: carros autónomos e partilha de viagens, onde os rivais já marcam presença.

  • 333

A General Motors investiu 500 milhões na Lyft e várias fabricantes automóveis já têm presença no segmento dos carros autónomos. Agora, é a vez de a Ford anunciar a entrada nestes dois setores diferentes até 2021. A Ford pretende investir em empresas tecnológicas de Sillicon Valley, triplicar o investimento em pesquisas de sistemas semi-autónomos e duplicar a sua equipa de investigadores de Palo Alto, noticia a Reuters. Ainda não se sabe se vai estabelecer parcerias com a Uber, com a Lyft ou com outro player ou apostar num serviço exclusivo seu.

O anúncio da Ford deixou ainda muitos pontos estratégicos cruciais por responder e serviu essencialmente para a empresa marcar o seu espaço e revelar as suas intenções ao mercado. Antes deste anúncio, a Ford já tinha explicado que investiu 75 milhões de dólares na Velodyne, empresa especializada em sensores laser essenciais para carros autónomos, e um montante não revelado na Civil Maps, uma empresa que cria mapas avançados para estes carros.

Sabe-se que a Ford não planeia lançar um carro autónomo sem volante ou pedais para o consumidor antes de 2025. O plano passa por ter um carro completamente autónomo que sirva para serviços como o Uber ou a Lyft, para partilha de viagens, até 2021.