exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Refugiados: Internet é tão importante quanto água e comida

Uma agência das Nações Unidas revela que há refugiados que aceitam trocar dez dias de comida para manter o acesso à Internet.

  • 333

A UN Refugee Agency divulgou um estudo onde conclui que há refugiados na Tanzânia que aceitam trocar um terço da comida que recebem por mês para manter uma subscrição de acesso à Internet. Estar conectado é tão importante quanto comer ou beber água para estes refugiados. O acesso à Net permite-lhes receber informação crítica, comunicar com a família e também com o resto da comunidade, explica a Cnet.

«No mundo em que vivemos, conectividade à Net e smartphones são linhas de salvação para os refugiados (...) A conectividade ajuda a alargar as oportunidades de melhoria de vida e a perseguir uma visão de um futuro que, de outra forma, lhes estaria vedada», afirma Filippo Grandi, Alto Comissário das Nações Unidas.

No mundo atual, mais de 65 milhões de pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas. Mais de 1,1 milhões de refugiados chegaram para a Europa, fugindo de zonas de confronto na Síria, Afeganistão e Iraque.

As Nações Unidas consideram que a falta de conectividade pode afastar os refugiados de oportunidades de trabalho e de outros recursos importantes.