exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Carro autónomo da Google envolvido em acidente

O que acontece quando um humano não respeita o sinal vermelho? Desta vez, foi a vez do Lexus adaptado pela Google descobrir.

  • 333

O cruzamento entre a rua El Camino Rea e a Avenida Phyllis, em Mountain View, assistiu na sexta-feira a um dos mais aparatosos acidentes de que há registo com automóveis autónomos da Google: um carro convencional, guiado por um motorista de carne e osso, não respeitou um sinal vermelho e acabou por colidir com um Lexus que havia sido adaptado pela gigante da Internet no âmbito do desenvolvimento de carros autónomos.

Apesar de ter sido necessário chamar o reboque, não houve ferimentos nem vítimas a registar, informa a BBC.

Não é a primeira vez que ocorre um acidente com carros da Google. A larga maioria das colisões está relacionada com o facto de os veículos de teste da marca americana se deslocarem a velocidades reduzidas, ou pararem em cruzamentos. O que origina colisões na retaguarda dos carros da Google.

A Google refere que o carro autónomo ainda terá detetado o carro que não respeitou o sinal vermelho, mas a travagem, que foi ativada tanto pelo piloto automático como pelo motorista de testes, já não conseguiu evitar o choque.

«O nosso semáforo estava verde, pelo menos, seis segundos antes do nosso carro entrar no cruzamento. Milhares de acidentes acontecem nas estradas dos EUA, e passar o sinal vermelho é a principal causa de choques em ambiente urbano nos EUA. O erro humano está diretamente relacionado em 94% das colisões, e é por querermos tornar as nossas estradas mais seguras que estamos a desenvolver tecnologia totalmente autónoma», informa a Google em comunicado.

  • 333