exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Termo “Autopilot” usado pela Tesla proibido na Alemanha

As autoridades alemãs pedem à Tesla que deixe de usar o termo Autopilot nos seus anúncios para não induzir os consumidores em erro.

  • 333

Exame Informática

A funcionalidade Autopilot deve ser usada como assistente do condutor e não como substituto do ser humano. As autoridades alemãs consideram que a publicidade a esta funcionalidade pode levar os consumidores a pensar que não precisam de conduzir, o que poderá levar a acidentes. A Reuters noticia que o governo enviou uma comunicação à Tesla a pedir que o termo fosse mesmo banido dos anúncios publicitários da marca. Por outro lado, a empresa de Elon Musk defende-se dizendo que o termo é usado na indústria aerospacial há anos para se referir a sistemas que assistem os pilotos.

Enquanto a Tesla não anuncia os carros verdadeiramente autónomos, ou seja, que conseguem levar passageiros do ponto A ao B sem ser necessária qualquer intervenção humana, há atualizações de software que procuram minimizar o risco de incidente se o condutor não estiver a prestar atenção. Por exemplo, um update disponibilizado no mês passado desliga o Autopilot se o condutor tirar as mãos do volante constantmente.

  • 333