exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Tribunal sueco proibe voos de drone com câmaras

O Supremo Tribunal Administrativo da Suécia diz que os voos de drones com câmaras são considerados operações de vigilância e que só devem ser permitidos mediante uma autorização especial.

  • 333

Exame Informática

O documento que autorize a utilização de drones com câmara deve explicitar que o objetivo é prevenir crimes ou acidentes. Sem este papel, os utilizadores que estejam a voar drones com câmara na Suécia estarão a incorrer numa ilegalidade, noticia o Engadget. Os fãs dos drones, nomeadamente o grupo UAS Sweden, defende que esta deliberação do Supremo Tribunal conduz à destruição do mercado de drones no país.

Por outro lado, na Suécia, a captação de imagens em locais públicos é permitida, pelo que a proibição aplicada aos drones é difícil de perceber. Também os jornalistas estão proibidos de usar drones.

Há ainda a questão de como se poder aplicar a lei na prática, uma vez que as autoridades locais devem reportar à polícia os casos em que são avistados os drones. Os operadores amadores devem conseguir facilmente contornar a proibição, mas os profissionais como jornalistas ou criadores de filmes devem ser mais penalizados.