exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Hacker que roubou fotos de famosas nuas foi condenado a 18 meses de prisão

Ryan Collins tinha criado um esquema de phishing que recorria a técnicas de engenharia social para roubar dados de, pelo menos, 50 contas iCloud e 72 contas de Gmail de celebridades.

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

O caso remonta a 2014 e ficou conhecido como “The Fapenning”, mas só agora teve um desfecho judicial. Ryan Collins, um norte-americano de 36 anos residente na Pensilvânia, estava acusado de roubar e divulgar informação sensível – onde se incluíam fotos com nudez – de celebridades como Jennifer Lawrence, Rihanna e Kaley Cuoco, por exemplo.

De acordo com o Ministério Público, Collins tinha criado um sofisticado esquema de phishing entre 2012 e 2014 que recorria a técnicas de engenharia social para enganar mais de 100 alvos, fazendo-se passar por funcionário da Apple ou da Google. O objetivo era obter os dados de acesso às contas.

Essas informações permitiram depois usurpar conteúdos de, pelo menos 50 contas de iCloud e 72 contas de Gmail de celebridades, revela a ZDNet.

Collins já tinha admitido ser culpado de acesso não autorizado a computador protegido e foi agora condenado a 18 meses de prisão. Recorde-se que a pena para este crime poderia chegar aos 5 anos e a uma multa até 250 mil dólares.

A investigação conseguiu provar que o norte-americano tinha roubado as imagens, mas não foi capaz de fazer o mesmo em relação à divulgação, ou seja, não encontrou provas de que ele tenha partilhado ou colocado online as informações que recolheu.