exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Condenado a 29 meses de prisão por esquema no Photobucket

Um homem de 41 anos confessou ser o vendedor de uma ferramenta que visava a plataforma Photobucket e que violava a privacidade dos utilizadores. O dinheiro terá sido a principal motivação e agora irá cumprir 29 meses de prisão.

  • 333

Exame Informática

Brandon Bourret, do Colorado, admitiu ter vendido uma ferramenta que permitia analisar as imagens armazenadas no Photobucket. Mais de cem milhões de utilizadores recorrem a este serviço para guardar as suas imagens e definem-nas como sendo públicas ou privadas. O sistema vendido por Bourret foi usado por chantagistas que conseguiram roubar as imagens de muitos utilizadores, mesmo as privadas e que incluiam nudez, noticia o ArsTechnica.

A ferramenta, chamada Photofucket, estava à venda por 30 dólares e mais de 1700 atacantes terão comprado, conseguindo depois aceder às contas de dois milhões de utilizadores.

Juntamente com Bourret, também Athanasios Andrianakis foi considerado culpado, mas recebeu uma pena de apenas 15 meses, uma vez que colaborou com o Photobucket na identificação de vulnerabilidades do sistema.

  • 333