exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Samsung Electronics pode dividir-se em duas empresas

A família Lee, que lidera o Grupo Samsung, pode estar a fomentar a divisão da empresa participada que é atualmente a maior fabricante de telemóveis do mundo. Já não deve tardar muito uma reação oficial à notícia.

  • 333

Quantas Samsungs Electronics cabem no mercado das tecnologias? A questão vai começar a ser trabalhada amanhã durante uma reunião da administração da gigante coreana, mas ao final da manhã de hoje (final da tarde na Coreia do Sul) já deverá ser conhecido um comentário público à notícia avançada pelo Diário Económico de Seul.

Face à inexistência de reações oficiais, as autoridades reguladoras da bolsa coreana notificaram a Samsung com o propósito de apurar qual o posicionamento da notícia que dá conta de que a administração da líder dos telemóveis poderá enveredar pela constituição de uma empresa que deverá manter a propriedade dos diferentes ativos em paralelo com uma segunda empresa que terá apenas caráter operacional.

A Reuters refere ainda que sobre a mesa figura ainda a possibilidade de ressarcimento de acionistas de um total de 26 mil milhões de dólares em dividendos especiais, bem como a promessa de nomeação de administradores independentes.

A Reuters também lembra que a hipotética divisão da empresa poderá ajudar a reforçar o poder da Família Lee, que fundou o Grupo Samsung, na Samsung Electronics (participada do Grupo Samsung). Atualmente, o Grupo Samsung é liderado por Jay Y. Lee, que assumiu os desígnios do conglomerado industrial em 2014, sucedendo ao pai Lee Kun-hee.

  • 333