exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Os relógios inteligentes da Google não vão ser Pixel

A Google confirma que está a preparar, dentro de portas, o seu primeiro aparelho com Android Wear e já revelou que este não fará parte da família Pixel.

  • 333

Exame Informática

O gestor de produto Android Wear Jeff Chang confirmou os rumores: a Google está mesmo a trabalhar em dois relógios inteligentes. Esta é a primeira abordagem do género da empresa, depois de algumas tentativas de lançamento de hardware em parceria com outros fabricantes.

Estes relógios serão os primeiros a ter o Android Wear 2.0, que a empresa adiou para 2017, noticia o ArsTechnica.

O segmento de smartwatches parece estar em queda, com o líder Apple Watch a apresentar quebras substanciais nas vendas. Para a Google, o desafio será ainda maior pois terá de combater o domínio da Apple sem um aliado de peso, uma vez que a Samsung optou por equipar os seus relógios inteligentes com o Tizen OS.

Ainda não se sabe quando é que estes relógios chegam ao mercado.